quinta-feira, outubro 16, 2008

O velho MEC continua a inspirar muitas almas




Olhem, eu cá sou agostiniana. E vocês, migas?

10 Comments:

Blogger Gi said...

Olha eu sou "A que não finge e que praticamente não come" ... pelos vistos sou uma infeliz. :D
Já compraste o último livro dele?

outubro 16, 2008 3:47 da tarde  
Blogger AnaD/FG said...

Eu sou totalmente Freudiana :)

outubro 16, 2008 3:49 da tarde  
Blogger deep said...

Não consegui encontrar um perfil para mim... :(

outubro 16, 2008 4:03 da tarde  
Blogger Luna said...

Olha, nem de proposito, acabei de postar a referir este mesmissimo post da Vieira. Juro que nao copiei! :)

outubro 16, 2008 5:17 da tarde  
Blogger vieira do mar said...

É o que eu digo: virou quizz blogoesférico, caramba! :)

deep, provavelmente é uma "normal" (risos).

Beijinhos a todas carregadinhos de compreensão desta que se assume freudiana. Com a mania que é "normal", claro. ;)

outubro 16, 2008 5:22 da tarde  
Blogger jg said...

A saladinha da imagem tá linda, sim senhora, mas ficaria magnífica de enfiada dentro dum copo!!!!

O Mec é sempre aquele gajo tremendamente divertido e original.

outubro 16, 2008 5:34 da tarde  
Blogger Claudette Guevara said...

'Miga! Eu não me encaixo em lado algum. Sou aquela mulher que mal pensa num alimento, vai a correr comê-lo. Ponto final.

Cheesecake? Saio de casa e vou comprar. Batata Frita? Em 5 min. ou faço ou vou comprar. Saladas estranhas e deliciosas? Ou faço, ou faço. Um prato mais rebuscado Aproveito o jantar para experimentar.

E pronto, sou eu. Tal qual uma grávida desejosa.

outubro 16, 2008 5:45 da tarde  
Blogger Sinapse said...

J'adore MEC!
MEC forever!!

... também gostei do que li no Controversa Maresia!

Eu cá diria que sou freudiana ... a descrição não me assenta que nem uma luva mas se tivesse que decidir por uma categoria acho que seria essa ... freudiana ... mas almejo aspiro sonho anseio evoluir para normal ... Ou seja, as que não são gordas nem excessivamente magras, algures entre o 34 e o 38, e que não correspondem ao ideal anoréctico não obstante se acharem gajas boas; as que têm geralmente cuidado com a alimentação, pelo que passam diariamente um bocadinho de fomeca, embora seja coisa que se aguente; as que comem mais peixe grelhadinho do que bitoques, não obstante cometam um pecadilho aqui e ali, que de imediato compensam com horinhas extra no ginásio ou de jejum; as que, enfim, lidam bem com o apetite saudável que têm, que não as incomoda por aí além, e para quem fazer uma dietazita de vez em quando até contribui para o bem estar mental, ao invés de ficarem com um humor raivoso como seria de esperar...
Aaaah!!!! isso é que era!

outubro 16, 2008 9:52 da tarde  
Blogger Pitucha said...

Eu, no fundo, sou pão com manteiga. Mas não pode ser, eu sei...
Beijos

outubro 17, 2008 9:31 da manhã  
Blogger Margot said...

Francis-pessoana com passado bulímico.
Beijinho

outubro 17, 2008 5:41 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home