terça-feira, dezembro 20, 2005

Açunto muinto sério


À coisas que me poiem dôida. É que à imenssa jente a escrever - tanbem em blogs - que paresse que nem acabárão a cuarta claçe. Há-dem ir longe, há-dem, estes cemi-análfabetos!

17 Comments:

Blogger Ana said...

Infelizmente tens toda a razão!
Beijinhos

dezembro 20, 2005 2:36 da tarde  
Blogger Pitucha said...

Eu é mais deixá-los falá-los que eles calarão-se-ão-se!
Beijos

dezembro 20, 2005 2:59 da tarde  
Blogger Pata said...

Em defesa dos oprimidos tenho a dizer:
Coitados de nós os Portugueses, a nossalíngua é tramada!

dezembro 20, 2005 3:22 da tarde  
Blogger JVC said...

e um comentário'zinho' a corrigir os erros? não?
hoje já passei por um que dizia PIRUSEIRA (de piroso) e... esperem vou ver... SINSERAMENTE..
fiquei desalentada.

dezembro 20, 2005 3:32 da tarde  
Blogger MCM said...

Axo mal, axo!

dezembro 20, 2005 3:47 da tarde  
Blogger Carlota said...

Ana: É um facto infeliz; é!

Pitucha: Ganhaste o prémio do comentário que mais me fez rir hoje!

Pata: É tramada, mas é muito rica! E acredita que há muitos estrangeiros fascinados por ela...

JVC: Às vezes sinto-me tentada a comentar para corrigir, mas acabo por nunca o fazer porque não creio que ninguém goste de ser chamado à atenção publicamente.

MCM: Se axas mal, axas muito bem!
;)

dezembro 20, 2005 4:22 da tarde  
Blogger Armando S. Sousa said...

Tão mal tratada a língua portuguesa!
Há um outro caso flagrante, que me enerva solenemente: é ir a um restaurante e encontrar erros ortográficos no cardápio.
Um abraço.

dezembro 20, 2005 4:34 da tarde  
Blogger Pata said...

Só para acrescentar. Aqui ao lado do meu emprego existe um restaurante que tem na porta "descanço semanal às 3.ªas" e no outro dia encontrei um portão que dizia "fexem o portão".

dezembro 20, 2005 5:20 da tarde  
Blogger Laura Lara said...

Qué triste é mas que hão uns que inté sam giros, hão!
Um abrasso

dezembro 20, 2005 6:01 da tarde  
Blogger Nilson Barcelli said...

Eu detesto ver erros básicos.
Mas toda a gente erra.
Quem não sabe escrever... que pratique, porque se aprende.
Daí que eu ache que as pessoas que escrevem mal nos blogues devem continuar. Só assim deixarão de errar tanto.
Espírito natalício... tá bem Carlota? Faz lá um esforço...
Beijinhos

dezembro 20, 2005 6:40 da tarde  
Anonymous guardião said...

eu de vez em quando dou umas dessas...

quanto há abraço já foi uma coisa falada à uns tempos.

dezembro 20, 2005 7:42 da tarde  
Blogger Carlota said...

Armando: Pois... É o cozido há portuguesa!
:)

MCM: É melhor fexar os olhos a essas enormidades.

Laura: Isso é que é ter boa vontade!

Nilson: Eu acho que é mais a ler que se aprende a escrever. Quanto ao espírito de Natal, eu até o tenho, mas, sabes, é que eu sou muito mazinha!...
;)

Guardião: Ai, ai, ai... Não pode ser sr. (futuro) jornalista.
E quanto à Abraço, vou à procura na net a ver se encontro qualquer coisa. A sério que gostava de ler sobre isso...

Beijolas a todos!

dezembro 20, 2005 10:47 da tarde  
Blogger BEG said...

Eu tambem fico bastante incomodada, quando vejo erros ortograficos. Em todo lado encontramos erros, na televisao por exemplo sao constantes os erros, na banda inferior (que por sinal e bastante irritante)
Perdao pelos meus proprios erros neste post, mas o meu teclado nao tem acentos.

dezembro 20, 2005 10:54 da tarde  
Blogger Carlota said...

Ó Beg, estás PERDOADA!
Beijolas

dezembro 20, 2005 10:58 da tarde  
Blogger perola&granito said...

Feliz Natal!

dezembro 20, 2005 11:34 da tarde  
Blogger t-shelf said...

Mas será que as pessoas não podem consultar uns dicionários online antes de publicar os ditos posts? Estão à distância de um clique caramba! Ou então que usem o corrector ortográfico do word. A trite verdade é que essas pessoas têm a convicção de que escrevem sem erros, nunca se enganam e raramente têm dúvidas. A ignorância é alegre e despreocupada.

dezembro 21, 2005 11:33 da manhã  
Blogger Carlota said...

T-Shelf, concordo contigo 100%!
Beijolas

dezembro 21, 2005 3:07 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home