sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Puchi Puchi


Quem é que resiste a pressionar as bolinhas daqueles plásticos que vêm muitas vezes a proteger as coisas frágeis? E quem é que não se sente frustrado quando as bolinhas já estão todas rebentadas e se acabou o divertimento?...

Pois bem, agora isso acabou. Os nossos amigos japoneses, sempre atentos e criativos, inventaram o Puchi Puchi, um quadradinho de borracha com as ditas bolinhas, sempre prontas a serem pressionadas. Aqui está um video demonstrativo.

Resta saber se a sensação é a mesma. Desconfio sempre destas coisas artificiais...

8 Comments:

Blogger espumante said...

Eu cá também sou pela real thing. Mas se a ideia for generalizadamente aceite... e agora o que é que eu faço depois de receber aqueles deliciosos envelopes que me proporcionavam umas centenas de estalinhos?

fevereiro 29, 2008 9:43 da manhã  
Blogger espumante said...

Já agora e em relação ao teu post anterior, quero aqui lavrar o meu sincero protesto de profunda simpatia pela causa do chefe. Imagino (acho que imagino...) o que será seguir (ou tentar seguir) o europeu com o sermão e missa cantada a cirandar em casa
:))))
beijolas, mesmo assim, apesar desta posição de solidariedade com o androceu

fevereiro 29, 2008 9:45 da manhã  
Blogger espumante said...

Ainda aqui voltei... lembrei-me se por cada noventa minutos de um jogo o chefe te der dois ou três envelopes daqueles à moda antiga, mod. a4, cheios de bolhinhas... não dá para ele ver o joguinho? Não é um fair business?
Foi só uma ideia
:)

fevereiro 29, 2008 9:47 da manhã  
Blogger espumante said...

Prontes! 4 envelopes e não se fala mais nisso. Deal?

fevereiro 29, 2008 9:48 da manhã  
Blogger Melões Melodia said...

Concerteza nao e a mesma coisa... mas o mais engracadoe quando o fazemos e ha alguem irritado ao nosso lado (normalmente era o meu pai) com o ruido. Ainda estou para saber se era o ruido, ou inveja por ser eu o felizardo a por as maos em cima das bolhinhas!)
Beijos

fevereiro 29, 2008 10:50 da manhã  
Blogger rafaela said...

Um dia o meu pai apareceu em casa com um quadrado dessas bolinhas, com pelo menos 2 metros (destinado a proteger as suas queridas canas de pesca que ele não pode carregar ao colo quando viaja) fomos tão felizes =)

Sou pelas bolinhas reais!!

fevereiro 29, 2008 2:17 da tarde  
Blogger Sinapse said...

Também temos isto aqui! ;))

fevereiro 29, 2008 7:45 da tarde  
Blogger Fugitiva said...

Eu não gosto daquelas coisas falsificadas! A minha mãe adora rebentar as bolhas!

E se é para ser falso, que seja o mais parecido à realidade. Assim: http://9-9.blogspot.com/2006/09/anti-stress-bolhinhas.html

março 01, 2008 12:19 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home