quinta-feira, março 19, 2009

O cúmulo que se segue


Apanhada de surpresa por este cartaz e por este hino, só me ocorre citar Miguel Esteves Cardoso que, a propósito de outro assunto que não tem nada a ver, disse: Parece sempre que já atingimos o cúmulo, mas há sempre outro cúmulo ao virar da esquina.


5 Comments:

Blogger NoKas said...

Fartei-me de rir! :p

março 20, 2009 10:12 da manhã  
Blogger jg said...

Há uns valentes anos atrás, era completamente alheio a esta matéria. Agora, com idade para ter juízo, não consigo evitar de me perturbar, revoltar e de sentir instintos assassinos ao ver estas palhaçadas.
Serei normal?!

No teu lugar, acho que nem aos fins de semana cá punha os côtos.
País de atrasados mentais...

março 20, 2009 12:12 da tarde  
Blogger Claudette Guevara said...

O Homem é piadético! Quando vi o cartaz, pensei que fossem os Gato Fedorento. Juro!

Acho que o Torres os bate aos pontos.

março 20, 2009 1:00 da tarde  
Blogger Periférico said...

Este hino dava uma tese de doutoramento quase de certeza, é uma pérola ;-)

Beijos

março 20, 2009 2:00 da tarde  
Blogger Carlota said...

Conclusão lógica: ninguém o leva a sério, como é normal.

março 21, 2009 6:23 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home