quarta-feira, maio 07, 2008

Custo de vida


Lembro-me de como ficava impressionada, quando era miúda, ao ouvir a minha tia contar que, umas décadas antes, comprava meio-quilo de carapaus por não-sei-quantos tostões. Tenho guardada a imagem de a contemplar, admirando-a pelo facto de ela já existir ao tempo em que se compravam coisas a sério com tostões...

Há uns dias atrás, foi a vez de ficar impressionada comigo própria quando, ao encher o depósito do carro com gasolina ao módico preço de 1,53 euros/litro, me veio à memória o tempo em que o litro de gasolina se fazia pagar a 85 escudos ou coisa que o valha.

A memória recuou-me depois aos anos 80 quando, no liceu, comprava sanduíches de fiambre e manteiga por sete e quinhentos e ao início dos anos 90, quando mil escudos me chegavam para as despesas correntes de uma semana inteira.

Lá mais para os finais do milénio, os meus levantamentos de dinheiro semanais já rondavam os cinco contos, mas desapareciam à mesma velocidade e com o mesmo mistério que hoje em dia desaparecem cem euros. Maldita inflacção!



(Na caixa de comentários, recolhem-se memórias de preços de datas recuadas. Para memória futura. Obrigada.)

20 Comments:

Blogger espumante said...

Eu sou suspeito, porque sou meia dúzia de dias mais velho que... hummm meia dúzia de meses... quer dizer... meia dúzia de anos... isto é... bom, deixa para lá. Mas aqui vai.
Meio bife no "Comibebe" à Rua das Portas de St. Antão por 8$00, um maço de cigarros "Porto" por 3$OO, uma bica por 1$20. Coroa de gória, ir à Derby, ali em frente ao Coliseu e comer uma "económica" (caldo de camarão) por 2$50, um copinho de vinho tinto (o chamado copo 2) por $50 e um palito de bacalhau embrulhado em ovo e frito por 2$50.
E há um preço que nos remete para um tempo de folias e romantismos boémios de jovem e que eu não menciono aqui por uma questão de pudor e porque ainda estamos no horário diurno!...
:))))
beijola

maio 07, 2008 9:46 da manhã  
Blogger Hélder Franco said...

Eu como sou meio por meio, nem velho nem novo, lembro-me de comprar uma bola de berlim por 9$00 (1981) e croissants de chocolate no 'mítico' Fradinho (Mafra) por 15$00 (1987). E já agora também tive a sorte de encher um depósito de gasolina quando ela custava menos de cem paus. Damn i'm old. :|

maio 07, 2008 10:13 da manhã  
Blogger Patti said...

O bilhete do eléctrico era 2$50 e 5$00 dava para compra 10 pastilhas Gorila.

maio 07, 2008 10:22 da manhã  
Blogger Armando S. Sousa said...

Quando entrei para o ciclo preparatório em 1974, a minha mãe dava-me 25 tostões por dia. 2 escudos para o autocarro, ida e volta, 10 quilómetros, 5 tostões para um Croissant.

Lembro-me de quando comecei a fumar, o SG Filtro custava 18 escudos e o café 2 escudos.

Lembro-me que o primeiro carro que tive, em 1982, Renault 4GTL, custou 392 contos e a gasolina custava 45 escudos o litro.

Nesta altura o preço médio dos jornais era 20 escudos.

Lembro-me da entrada na discoteca ser 200 escudos, pagava-se entrada, com direito a duas bebidas.

Lembro-me que quando comecei a trabalhar, em 1987, comecei a ganhar 25 contos por mês, e isso devido às competências, porque senão o salário seria de 20 contos como todos os outros.

Um abraço

maio 07, 2008 11:53 da manhã  
Blogger rafaela said...

Quando era miúda vinha de férias e Lisboa no tempo em que os dólares valiam alguma coisa e lembro-me de que com 100 dólares, vinte contos na altura fazia a festa, comprávamos material escolar, roupas giras e tantas outras coisas que chegavam para um ano, hoje isso é completamente impossível e de cada vez que vou ao MB "comprar dinheiro" como diz a E também me admiro com a facilidade com que ele desaparece da minha conta sem que sejam necessárias grandes extravagâncias.

e depois é claro que ficamos saudosistas =)

maio 07, 2008 12:13 da tarde  
Blogger Melões Melodia said...

Desde que os salarios acompanhem os custos... mas lembro-me dos pasteis a 2$50, das pastilhas elasticas pirata a 0$50, tudo no inicio dos anos 80.
Agora aqui em londres, quando me pedem 2£ por um cafe ou nao consigo almocar por menos de £20. quando me lembro de almocar tambem nos anos 80 por menos de 50$00.
beijos

maio 07, 2008 12:41 da tarde  
Blogger Paulo Tomás Neves said...

Não é só a inflacção. Há 30 anos atrás o pão custava dez centavos do escudo (um tostão) a unidade. Agora com menos de 10 cêntimos (equivalente a 20 escudos) não há pãozito para ninguém. Como dizia o sr. engº ex-primeiro-ministro, é só fazer as contas :-)

maio 07, 2008 2:30 da tarde  
Blogger Claudette Guevara said...

Eu devo ser a mais novinha por estes lados...
Só [só!!!] me lembro de pedir ao meu pai 50$00 pra ir à piscina, passar um dia de férias. Depois de muito insistir, o meu pai dava-me 250 paus/semana para poder ir à piscina quando quisesse e comprar um geladinho. Ficava maravilhada com todo aquele dinheiro na mão.

Já quando fui estudar pro Porto, em 2000, a minha mãe dava-me por mês aquilo que agora gasto em Gásoleo só para ir e vir do trabalho... cerca de 100€. [já estou a falar em €, quase nem vou ao escudo].

Mas pior, pior, é gastar quase o dobro em supermercado agora, do que em Bruxelas há 3 anos.

maio 07, 2008 3:34 da tarde  
Blogger Claudette Guevara said...

*Gasóleo, queria ter escrito.

maio 07, 2008 3:35 da tarde  
Blogger Belém said...

Como depois os preços têm mudado tanto custo a situá-los no tempo. Mas a carcaça a 4 tostões até ao 25 de Abril é um fenómeno inesquecível. E meu primeiro ordenado, em 86, de 57 contos, (ainda guardo a fotocópia do cheque) também não me posso esquecer.

maio 07, 2008 3:51 da tarde  
Blogger NoKas said...

Quando eu ia para a escola C+S, no caminho, comprava sempre um MILKA da Olá! Custava 20 escudos! E o café nas máquinas da faculdade, custava 25 escudos (não é cêntimos... ESCUDOS! O euro veio pouco depois e mudou tudo!)

maio 07, 2008 4:28 da tarde  
Blogger AnaD/FG said...

A minha memória é péssima para não dizer horrivel ... mas eu julgo que cheguei a comer pernas de pau a 25$00 ... mas a história que sempre me lembro é a que o meu pai conta: Deixou de beber café quando este aumentou para 9$00 porque era um abuso ehehe ainda as chavenas eram de vidro

maio 07, 2008 9:20 da tarde  
Blogger Pitucha said...

Pois eu lembro-me das pastilhas Piratas a 5 tostões! E pouco mais porque, para ser franca, lembro-me pouco dos escudos. Mesmo os francos belgas já vāo sendo raros na memória...
Beijos

maio 08, 2008 9:36 da manhã  
Blogger 125_azul said...

Bolas de Berlim a um escudo na praia...

maio 08, 2008 12:08 da tarde  
Blogger MCM said...

5 escudos por cada Muito Bom, 25 tostões por cada Bom grande...
E tive um Muito Bom a matemática, com a data escrita a lápiz, que me rendeu mais de 50 escudos, porque a minha avó, já velha, e autora destes prémios era boa de enganar...

maio 08, 2008 4:05 da tarde  
Blogger MRP said...

lamento nao poder participar muito activamente aqui nesta wiki, mas eu sou terrivel para me lembrar do preço das coisas.

alias, a minha relacao com o dinheiro sempre foi muito tumultuosa.

das poucas experiencias que me lembro foi quando (e isto foi ha muitos anos) encontrei uma nota de 1000$ no chao de minha casa, peguei nela e fui ate' ao quisque da esquina e pedi um gelado de 0$50 (cinco tostoes) e o resto em cromos do Vicky. ora como isto ainda foi na altura em que as pessoas do bairro se conheciam todas, a senhora do quisque mandou logo chamar a minha mae. value-me o facto de que a minha mae nao estava em casa e foi a minha irma mais velha que tratou do assunto (ainda hoje estou convencido que a sacana ficou com os mil parrecos para ela…).

so mais tarde percebi que com este conto de reis teria dado para comprar nao so a coleccçao completa do Vicky, como tambem a da Heidi, do Mundial de 78, dos Bonecos da Bola e muito provavelemente o resto do stock do quiosque.

tambem me lembro vagamente do preço dos 'selos', mas isso fica para outros comentarios...

maio 08, 2008 11:50 da tarde  
Blogger Sinapse said...

Fantástica caixa de comentários! Eu dava 5 escudinhos para ver isto publicado em post!

;)

maio 11, 2008 6:10 da tarde  
Blogger Laura Lara said...

Podia deixar aqui um rol de preços.
Mas vão só estes:
1 carcaça (pão) - 1 cruzado;
dois rebuçados - meio tostão;
1 bica e 1 bolo de arroz - 12 tostões;
1 chamada telefónica - 5 tostões;
e enchia o depósito do automóvel com 100 mil reis...
Beijinhos

maio 12, 2008 1:07 da manhã  
Blogger Carlota said...

Quanto é que é isso em 2008, Sinapse?

Eu dou-te o selo, dou-te MRP. Me aguarda!

maio 13, 2008 12:51 da tarde  
Blogger  said...

Lembro-me das Super Gorila a 25$, de fumar SG Ventil a 75$ o maço, de comprar Gorila a 2.50$, dos 500$ que o meu avô me dava chegarem para ir ao Bairro Alto e ter uma noite do caraças e ainda dar para o táxi (rachado a meias com mais 3:)

maio 15, 2008 8:03 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home