quinta-feira, junho 19, 2008

Ideias, mas das boas



Quais acções, qual carapuça, isto é que é um bom investimento!

12 Comments:

Blogger Patti said...

Pois, até é. Mas fico com a sensação que me vai cair em cima...

junho 19, 2008 9:32 da manhã  
Blogger Laura Lara said...

E se, um dia, a sanita entope, enquanto a máquina lava?...
Mas que a ideia é bem verde, lá isso é!
Beijinhos

junho 19, 2008 9:59 da manhã  
Blogger espumante said...

e aqueles que aproveitam o momento e se encostam para trás a ler? E se há um refluxo de águas e o enchimento da maquina se faz pelos canos que deveriam expeli-la? E se?...
:)

junho 19, 2008 10:16 da manhã  
Blogger Claudette Guevara said...

wow! Quero uma destas.


Engenhocas, estes designers, hein?

junho 19, 2008 10:30 da manhã  
Blogger Belém said...

Quem é que conseguirá usar essa sanita sem medo que a parede lhe caia em cima? Eles inventam cada coisa. Mas que a intenção é boa, lá isso é.

junho 19, 2008 10:56 da manhã  
Blogger Carlos Malmoro said...

Há uma coisa que eu nunca percebi: por que razão se utiliza a água potável (quando milhões por falta dela morrem) para despejar o autoclismo? Não podiam fazer uma segunda canalização para isso, para as lavagens do carro, do chão, etc.?

Beijocas

PS: tinhas razão quanto àquela teoria económica. O que (me) sucedeu é o que normalmente acontece aos matemáticos: sabem derivar, primitivizar, achar determinantes, mas se lhes perguntas 8x7 ficam a pensar meia hora :)

junho 19, 2008 11:27 da manhã  
Blogger Armando S. Sousa said...

A ideia no geral está interessante,não é importante a utilização de água potável para fazer a descarga da retrete.
No entanto, é bom não ter grande vontade de ir à casa de banho, quando a máquina estiver a lavar.
uM ABRAÇO.

junho 19, 2008 12:48 da tarde  
Blogger Xana said...

Humm! E os timmings? "Posso usar a casa-de-banho?" "Xi, agora não, é que só vou lavar roupa amanhã!"

junho 19, 2008 2:31 da tarde  
Blogger Mónica Lice said...

Que excelente ideia! ;-)

junho 19, 2008 5:05 da tarde  
Blogger Pitucha said...

Prático! Desde que uma pessoa se lembre de fechar a retrete quando está a encher a máquina!
Já agora, podia ter um leitor de MP3 numa das colunas laterais! E um relógio na outra! E um sistema para massajar as costas quando estamos no "trono"!
;-)
Beijos

junho 19, 2008 5:49 da tarde  
Blogger Carlota said...

Não deves ter medos desses, Patti!

Os outros canos também podem entupir-se, Laura...

É a diferença entre ser-se pessimista e optimista, Espumante...

Viva! Uma mulher moderna, Claudette!

Também com medo, Belém?

Exactamente, Carlos!
Quanto ao resto, eu também achava que tinha razão, mas como não é o meu "departamento"... :)

Suponho, Armando e Xana, que a coisa deve estar prevista e uma coisa em nada deve interferir com a outra...

Outra mulher moderna, Mónica! Boa!

Boa, Pitucha! A criatividade à flor da pele!

Beijolas a todos.

junho 20, 2008 10:21 da manhã  
Blogger Ana said...

Esperem lá... e se naquele momento relaxante a máquina começa a centrifugar???

Espero que não seja como a da minha mãe, que temos de nos sentar em cima dela para que não fuja pela cozinha fora dos saltos que dá!

junho 21, 2008 3:46 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home