segunda-feira, setembro 08, 2008

Pechisbeque musical


Eu já andava desconfiada desde o Feitiço, mas agora já não tenho quaisquer dúvidas: trata-se de um profissional fora de série!

Tenho, pois, de dar os parabéns ao agente do André Sardet. Uma pessoa que põe a rádio portuguesa a passar uma música do nível do Adivinha o quanto gosto de ti vale muito p'ra lá do que ganha! E não me venham cá com a desculpa de que as rádios têm de obrigatoriamente passar músicas em português, que há por aí muito bom artista brasileiro!

Já quanto ao senhor Sardet, bem que podia poupar-nos à mediocridade que são esta sua música e, deus lhe perdoe!, os seus poemas:

Gosto de ti daqui até à lua.
Gosto de ti da lua até aqui.
Gosto de ti simplesmente porque gosto.
E é tão bom viver assim.


Divulgar este ajuntamento de vocábulos empobrece a língua portuguesa. Camões dá voltas no túmulo. Pessoa também. Não há desculpa nem explicação possíveis para esta penúria. Salvo se o respectivo autor for um teen-ager de não mais de 16 anos!

A melodia também não fica atrás. Só consigo qualificá-la como a que criei aos quinze anos para o tema com que concorri ao concurso de canções do liceu: básica e má. Na altura, decidi dedicar-me a outras coisas para que tivesse mais jeito. O André Sardet devia fazer o mesmo.


14 Comments:

Blogger JPG said...

E o pior de tudo é o massacre sistemático das rádios nacionais com esta série de "soap musac". Este é mais um disco seriamente candidato a bater recordes de vendas, a julgar pelos antecedentes.

setembro 08, 2008 2:34 da tarde  
Blogger espumante said...

Este comentário foi removido pelo autor.

setembro 08, 2008 5:27 da tarde  
Blogger espumante said...

Este comentário foi removido pelo autor.

setembro 08, 2008 5:31 da tarde  
Blogger espumante said...

Eu nem sei quem é o André Sardet, isto é, já ouvi o nome dele um par de vezes. E estou contigo na denúncia da parolice nacional. Mas já agora, repara na letra de uma canção que me encantava nos meus doze ou treze anos, uma canção dos Everly Brothers, uns all american boys que faziam a delícia da minha juventude. Ora vê bem (em tradução livre):

Acorda Suzaninha
Acorda Suzaninha

Temos estado ferrados a dormir
Acorda Suzaninha e desperta
O filme já acabou, já são quatro horas
Estamos completamente lixados
Acorda Suzaninha, acorda Suzaninha

E agora, o que é que vamos dizer à tua mamã,
O que é que vamos dizer ao teu papá
O que é que vamos dizer aos nossos amigos quando eles disserem ulálá
Acorda Suzaninha, acorda Suzaninha

É que eu disse à tua mamã que te levaria às dez
É assim, Suzaninha querida, lixámos tudo outra vez
Acorda Suzaninha, acorda Suzaninha
Temos de ir para casa

Acorda Suzaninha, acorda Suzaninha

O filme não era nada de especial
Aquilo não dava com nada
Adormecemos, o nosso ganso está cozinhado (aqui fiz tradução literal ;))))...)
A nossa reputação está ferida
Acorda Suzaninha, acorda Suzaninha


Beijolas

setembro 08, 2008 5:59 da tarde  
Blogger MJ said...

É mau, é! Mas ele há gostos para tudo. Mas a cultura musical pela Pátria não vai bem, entre ele e as Just Girls... não sei não!
Por outro lado descobri "Deolinda", compensa!
Beijinhos

setembro 08, 2008 8:06 da tarde  
Blogger Carlota said...

Por isso é que eu acho que o agente do artista vale o seu peso em ouro, JPG.

Só me dás razão, Espumante. Gostavas dessa canção quando tinhas 12 ou 13 anos! Além disso, é um dos temas preferidos do George W. Bush... Tudo bate certo, vês?!

As Just Girls, ui!, MJ, essa até doeu. :)
Quanto à Deolinda, pois, como hei-de eu dizer isto?... Está em stand-by para reapreciação. Não posso ainda dizer que sim, nem que não.

Beijolas a todos.

setembro 09, 2008 9:00 da manhã  
Blogger espumante said...

Juro que não percebi... mas deves ter razão :))))

setembro 09, 2008 10:06 da manhã  
Blogger Carlota said...

Confia em mim, Espumante, confia em mim.

setembro 09, 2008 10:08 da manhã  
Blogger pessoana said...

Livra! Se esta mulher deixa de gostar de nós um dia, estamos feitos!:-)

setembro 09, 2008 4:08 da tarde  
Blogger Ana said...

A Rádio Marginal (também se apanha online) passa pouca, mas boa música portuguesa.
Mafalda Sachetti, Carlos Martins, Luís Represas, Clã e por aí adiante.

Este menino deve ter um bom agente que, desde o disco de estreia, sempre o levou a tudo o que é programa de TV, para divulgação das suas cantiguinhas.
E assim eles vendem:)

Beijinho

setembro 09, 2008 7:33 da tarde  
Blogger Kitty Fane said...

Aahahah! Eu juro que ouvi essa música e pensei exactamente o mesmo que tu. Como é possível tal mediocridade? :-D

setembro 09, 2008 9:51 da tarde  
Blogger Carlota said...

Isso é dar-me importância a mais, Ana! :)

Vou experimentar essa rádio, Ana. Obrigada pela sugestão.

É suposto ser a reacção da pessoa normal como nós, Kitty. ;)

Beijolas às três.

setembro 10, 2008 8:45 da manhã  
Blogger daniela said...

Muita gente traduz letras de boas canções estrangeiras para português para que soem ridículas. Mas o facto é que para escrever em português tem que se ser mesmo muito bom! O inglês é uma língua muito melodiosa. Mas o português se bem escrito soa lindamente! Vejam o caso dos temas que o Rui Veloso canta... Eu acho o andré Sardet um insulto aos ouvidos de quem gosta de música. Para além de ser um idiota chapado que vai à tv dizer que o "karma kamaleon" é do Elton John. É um insulto não só para os ouvintes das rádios portuguesas q procuram boa música, como também para os bons músicos que trabalham como cães para conseguir provavelmente nem um terço do que esse inútil consegue. A postura dele é inconveniente e muito arrogante para o pouco talento que tem. Mas enfim... Fazer o quê?

novembro 16, 2009 9:19 da manhã  
Blogger Carlota said...

Só há uma coisa a fazer, Daniela. Denunciar.
Assim como acabaste de fazer e muito bem.

novembro 20, 2009 9:44 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home