quinta-feira, abril 02, 2009

Be very afraid!

Ouvimos notícias macabras que nos levam a questionar a qualidade de humano de alguns bípedes. Toda a vida foi assim, mas ultimamente, devido ao excesso de meios de comunicação social e à nossa crescente vontade de também estar a par do que se passa fora das nossas quatro paredes, somos a toda a hora bombardeados com notícias acerca de quão malignos alguns seres conseguem ser. Não é preciso dar exemplos, pois toda a gente recordará os mais recentes casos de criminosos abusos.

Cada pessoa terá a sua maneira de reagir a este tipo de notícias. Eu também tenho a minha. Sempre acompanhada da minha imaginação, antecipo perigos ao virar de cada esquina e desconfio do mais inocente dos anónimos transeuntes com que me cruzo no meu dia-a-dia.

A minha mais recente paranóia tem que ver com um dos meus mais simpáticos vizinhos. Influenciada pelo trust no one e pelos testemunhos acerca dos mais hediondos criminosos que me ecoam entre os ouvidos - Ele era uma simpatia de pessoa! Sempre prestável e educado. Eu nunca poderia imaginar que ele fizesse uma coisa destas! -, sempre que por ele passo pergunto-me sobre o que terá acontecido à tunisina que com ele viveu durante ano e meio ou coisa que o valha e que lhe deu aquela linda filha com ar de anjinho, loura de olhos claros.

7 Comments:

Blogger jg said...

Na próxima vez que te cruzares com ele, pergunta-lhe, assim como quem não quer a coisa, onde é que podes comprar uma caixa de munições 7.35 sem preencher o manifesto.
Vais ver como ele se manterá à légua!!

abril 02, 2009 1:29 da tarde  
Blogger Sinapse said...

devido ao excesso de meios de comunicação social ... não podia estar mais de acordo ... eu tenho um ódio de estimação à "comunicação social" ... grrrrrr!

abril 02, 2009 2:46 da tarde  
Blogger ZaniNE said...

Podes sempre fazer uma denúncia anónima... pede ajuda à PJ!? :P

Beijoquinha e melhor sorte com os vizinhos!

abril 02, 2009 6:16 da tarde  
Blogger Claudette Guevara said...

Tens de ver o "mentes criminosas", para saberes traçar um perfil e depois delineares um método de actuação.

Olha o que te digo.

abril 02, 2009 8:15 da tarde  
Blogger Margot said...

Paranóia?
Eu só de te ler fiquei com a certeza que ele matou a mulher.
Ando preguiçosa para comentar, mas leio-te sempre com muito agrado.
Muitos beijinhos

abril 02, 2009 9:01 da tarde  
Blogger deep said...

Já redigi dois comentários. Quando tentei publicá-los, fiquei sem acesso.

Em resposta ao teu comentário no Letras: eu também não leio todos os blogues todos os dias!

Fica bem. Bjs

abril 03, 2009 3:31 da manhã  
Blogger Carlota said...

Eu apostaria mais numa daquelas enormes facas de cozinha, JG. Ou isso é arma de mulher?

Eu já tive mais, Sinapse.

Ná, não faz bem o meu estilo, ZaniNE.

Eu devia mesmo ter ido para Criminologia, Claudette.

Olá Margot!!! Beijinhos.

Há dias em que a net está do contra, Deep...

Bom fim-de-semana a todos!

abril 03, 2009 11:18 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home