segunda-feira, novembro 21, 2005

Curta crónica de uma dor de garganta anunciada

Sexta-feira, 18 de Novembro. Conseguimos convencer o Migas de que tínhamos de trabalhar à noite. Já lhe expliquei que sem trabalho não há dinheiro e sem dinheiro não há comida, roupa, sapatos e, acima de tudo (foi com esta que o levei), não há brinquedos nem DVDs. E assim lá fomos para um prometedor jantar com portugueses, brasileiros e italianos no Bla Bla & Gallery.
Só que estava muuuiito frio. E eu já devia saber que quando está muuuiito frio não me chega o cachecol.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home