quarta-feira, novembro 30, 2005

Ai os homens!...


No mês passado, declarações do chefe cozinheiro Gordon Ramsey criaram a maior polémica no Reino Unido. Este senhor afirmou que o seu país natal criou (uma geração de) mulheres que sabem fazer coktails, mas que são incapazes de cozinhar seja o que for.
No decurso da polémica, saiu no "The Independent" um artigo denominado "Why men are crap" com uma compilação de reacções àquelas declarações e a outras, de outros senhores igualmente "simpáticos".
Passo aqui a citar algumas dessas reacções, que achei verdadeiramente perspicazes e engraçadas . O meu objectivo não é lançar a discussão sobre o assunto, mas sim proporcionar-vos o prazer de talvez reconhecer nestas palavras o homem que há em vós (para os homens) e/ou o que há nos homens que conhecem (para ambos os sexos). Dou de barato desde já que há excepções e peço desculpas antecipadas por manter os comentários em inglês, mas se me pussesse a traduzir nunca mais saía daqui.
Emma Richards disse: "What are men crap at? Most things! But maybe that's not specific enough. So how about not being able to remember anything, not being good at attention to detail, and having an apparently genetic inability to do two things at once. Not that I'd want to fall into the trap of making sweeping generalisations, which on recent evidence seems to have been the case with a few other people. Speaking of which, some men are pretty good at talking about themselves, or in a derogatory way about other people, to generate publicity for themselves. Does that count as a strength?"
Jo Brand disse "In my experience, the main things that men are really terrible at doing are small domestic things. Things like wiping down a surface properly. I don't know what it is. Maybe they can't squeeze a cloth dry or something. But there's always a crusty ring of crumbs on the side of the surface when they've finished, which means you then have to do it all again.
And I think I know the reason why men can't multi-task, too. Multi-tasking for women means doing lots of things at the same time, all rather shoddily. So if you're trying to get the kids to school and write something and do the Hoovering all at the same time, the Hoovering will always be a slightly cursory job. You'll Hoover the areas that everyone's going to see, and that will be that.
I don't know a single woman who's ever used all those add-on jobs that you put on the end of the Hoover. But if you ask a man to Hoover, it will take him two days. He'll go into every area, he'll put all the furniture out in the garden. He will, in other words, do it properly. But it doesn't give much scope for doing everything else at the same time."
Baroness Julia Neuberger disse: "I love men, and on the whole they are good at things I'm bad at, like map-reading. But they tend to be bad at remembering to do things - their wakeful nights are not filled, as mine are, with lists in my head, or even worse, waking up and making a list. That need to make lists and then do everything on them seems to be a female trait. Perhaps men think the world will continue - or at least there will be meals at home - whether they make lists or not.
The last thing men are really bad at is shopping. The fact that they have been told that there is a really good shop nearby where you can get what is needed seems not to sink in. They still come back saying they were unable to buy the strainer, funnel and pie dish that you desperately needed, and think they have done very well by trying and struggling through the crowded streets. In my book, trying at shopping is not good enough. You also need to succeed. "
Sarah Beeny disse: "The difficulty is finding something men are good at! Cooking, maybe, but at least when women cook, the kitchen looks something like it did when it started. When men cook they use every saucepan and dish and make the place look like a bomb has gone off. It takes months to clear up and they require months of praise just for cooking.
Also, men aren't able to go to the shops. You can have no loo paper, no milk and no teabags in the house, but if a man goes out for a newspaper, that's what he's going to buy. He'll then go back to the shops if he needs milk and teabags and he won't go out for loo paper until he needs the loo. They just can't compute large amounts of material at the same time. And the last thing men are really bad at is keeping their one black sock out of a white wash. "
Finalmente, Rebecca Loo (desta só consegui encontrar hot sites; acho que era a baby-sitter dos Beckham) disse: "I love cooking, it's one of my favourite pastimes, but I don't make a big deal about it. On the rare occasions that men do cook, they make such a massive deal about it, like they deserve a medal or something. And they make a real mess in the kitchen, too.
Another thing that really annoys me is that men are completely blind! You'll be having your dinner and he gets up to get something and you're, like, " Can you bring the salt, babe," and you know it's right there on the side in front of the kettle but he just can't see it so you have to get up anyway. They can't see things that are right in front of their faces. Men are also crap because they don't realise that women are just totally romantic and all they'd have to do to get exactly what they wanted would be to treat us like princesses the whole time. But then, what would we have to talk about?"

11 Comments:

Blogger Pitucha said...

Adorei! Adorei! Adorei!
E sabes que mais? Concordo, concordo, concordo!
Beijos

dezembro 01, 2005 11:07 da manhã  
Blogger Carlota said...

Eu também adorei. Especialmente porque se aplica quase a 100% ao espécimen que anda lá por casa!...

dezembro 01, 2005 11:40 da manhã  
Blogger espumante said...

Ó Carlota, entirely agree. If I were you (women) I'd make a bunch of men and put them all down the drain :) notwithstanding the fact that you would have to organize the traffic at the sewage output, fot the thousand of women trying to get the remains of the day :))
Anyway, this men's inability sort of thing is as old as man itself and woman seems not have better alternative than criticizng men and use them at their discricionary disposal. Also, the very last sentence of your post "what would woman have to talk about" is as true as the persuasive skills that keep woman an interesting (and beautiful)piece of human kind. Or a case study, so to speak. :))))))
Beijolas, como tu dizes and pardon my french, mas it would be a trabalheira ter de fazer a bloddy translation.
E uma palavra aí para a cheer leader Pitucha. Se ela soubesse como ficou deliciosamente feminina a dizer "concordo concordo, concordo", fálo-ia todos os dias. E eu bateria palmas, incapaz de pensar noutra coisa ao mesmo tempo... homem que sou :)))))

dezembro 01, 2005 12:27 da tarde  
Blogger Carlota said...

Espumante, adorei o comentário! Cinco estrelas!
Não há dúvida de que um feriado só pode melhorar o sentido de humor. Sendo que para que ele melhore é preciso existir, como existe no teu caso.
E a parte da Pitucha como cheer leader... Ainda estou com o sorriso de a imaginar aos saltos, a agitar aquelas coisas com as mãos e a soletrar a palavra "concordo".
Mais beijolas!

dezembro 01, 2005 12:42 da tarde  
Blogger t-shelf said...

É claro que há generalizações muito correctas mas pelo espécimen que partilha a vida comigo não vou lá: é ele que vai às compras de lista na mão, quando cozinha as instalações ficam um brinquinho e sabe engomar melhor que eu. Mas na verdade quando está ao computador ou a ver TV não ouve mais nada, e tem uma certa dificuldade em encontrar coisas que não tenha sido ele a arrumar. onde é que me escondeste as meias? é uma das perguntas mais ouvidas cá em casa! Muito giro carlota. bjs

dezembro 01, 2005 4:37 da tarde  
Blogger Carla Motah said...

Pois, comigo bate quse tudo certo, excepto no acto de engomar ou mesmo de coser uma bainha. Embora já tenhamos uma romena para tratar do assunto, lembro-me bem do facto de ele ser mais jeitoso para isso que eu. Agora limpezas, cozinhar e até pôr a loiça na máquina... Parece que há ali um bloqueio...
Mas, espera, cozinhar... Ele até me faz alguns pratos mas proibe-me de ir à cozinha (guess why) e, como o faz raramente, apresenta-me refeições de se lhe tirar o chapéu (tipo 3 vezes por ano). Agora, sempre uma coisa de cada vez. Mas a malta gosta deles assim, não é? Adorei o post.
Beijos

dezembro 01, 2005 7:57 da tarde  
Blogger Carlota said...

T-Shelf e Carla: Fico contente por terem gostado do post. Estas senhoras disseram, de facto, coisas engraçadas...
Mas é verdade, os homens não são todos iguais... apesar de serem muito parecidos!
Beijolas p'ra vocês!

dezembro 01, 2005 11:12 da tarde  
Blogger Eremita Baptista said...

pk será k toda as mulheres têm a mania dizer k os homens n fazem isto, os homens n fazem akilo...k são cabrões...kd elas n gostam dos totós, mesmo k sejam boas pessoas...gostam dos cabrões k são maus p elas...

mas tb é verdade k mtos n fazem nada...mas hj extende-se às mulheres...

dezembro 01, 2005 11:28 da tarde  
Blogger Carlota said...

Ó Eremita, essa história de as mulheres que gostam de quem as maltrata está muito mal contada. Isso são com certeza extrapolações de coisas que ouves em confissão de algumas pobres-coitadas que infelizmente não têm onde cair mortas.
E porque motivo (mas porquê?!!) fui contemplada com todos esses "ks" e "kds?"

dezembro 02, 2005 11:46 da manhã  
Blogger Eremita Baptista said...

pela razão da recorrência ao msn.

Eu não sei da vida de todas as mulheres claro...mas muitos dos namoros que dão casamento começam em saídas com os gajos populares e fixes...aqueles tão convencidos que as miúdas gostam...no fundo muitas admitem que não vão pelo bom coração...o bom coração não "bota figura"...

esta é a realidade que conheço, onde estudei no liceu, onde estudo na universidade...do mundo que conheço...

a minha namorada (por sinal 9 anos mais velha) gostou de mim pela minha maneira de ser, pela minha poesia...mas antes de ter esta namorada não tive mtas outras mas as que tive só saiam comigo para terem boa companhia...

mesmos as amigas da univ. não gostam de sair com rapazes que n tenham boa imagem para entrar nas discotecas...

eu como gosto de me vestir bem fico com a conotação de metrossexual... e já nem interessa o que penso...

os amigos com bom interior não têm com quem sair...

claro que há generalização...

esta conversa daria pano para mangas...entendo o teu ponto de vista...

e continuo a gostar de vir a este espaço....

dezembro 02, 2005 5:30 da tarde  
Blogger Portuga said...

Achei bestial aquela da Rebecca Loo de que se os homens tratassem as mulheres como princesas o tempo todo teriam certamente aquilo que querem. Os homens sabem isso. Não estão é para se dar ao trabalho. A perspicácia não deve ser um dos dons da rapariga.

dezembro 27, 2005 12:34 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home